CABECEIRAS: No comando de menores infratores. - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » » CABECEIRAS: No comando de menores infratores.

CABECEIRAS: No comando de menores infratores.

Publicado por Redação na sexta-feira, 20 de setembro de 2013 | 13:26

Maioria dos furtos nos comércios do município tem envolvimento de menores.

Os pequenos e grandes furtos envolvendo a maioria a participação de menores têm crescido e deixado comerciantes e a população assustadas sem saber o que fazer. Um levantamento feito pela reportagem aponta que de janeiro a setembro deste ano cerca de dez comércios foram vítimas de furto, alguns foram furtados duas vezes. Além de furtos há também vandalismo em prédios públicos e estabelecimentos particulares. No mês passado um depósito de materiais de construção foi incendiado.

Depósito incendiado. Foto: Byn Wanderson
Segundo informações do proprietário do local, Tiago Ferrão, a Polícia Civil classificou como “Incêndio criminoso”, mas que ainda não tem pistas da autoria do crime. O caso ainda está sob investigação.

O mais recente furto foi registrado na madrugada da ultima quinta – feira (19) onde uma loja de materiais de construção teve a porta dos fundos arrombada e foram levados do local um modem (internet), um monitor e algumas moedas. A loja fica situada na Avenida Brasília no Setor Mariano Machado.

Reunião com moradores e comerciantes.
Foto: Bruno Soares
No mês de julho deste ano comerciantes e moradores se reuniram na câmara municipal para procurar uma solução da falta de segurança. Com efetivo pequeno, apenas uma viatura com 3 policiais e dois na DP trocando de turno para atender as ligações do 190, Major Isaías e alguns comerciantes sugeriram diante de alguns vereadores que fosse contratado uma pessoa para atender os telefonemas e colocar nas ruas mais uma viatura e dois policiais. A ideia foi bem recebida, porém, dois meses se passaram e a situação continua na mesma.

Presidente do Conselho Tutelar, Luis Antônio
Conselheira Rosilene. Foto:Bruno Soares
Na manhã desta sexta – feira (20) o programa “Alô Cabeceiras” apresentado por Byn Wanderson abriu um debate sobre os autos índices de furto nos comércios da cidade. O debate teve a participação do Presidente do Conselho Tutelar, Luis Antônio e da conselheira Rosilene. Luis revelou que além de furtos, a cidade está com um alto índice de crimes envolvendo esses menores , inclusive são flagrados dirigindo veículos. Ele destacou também um grande número de ocorrências como pedofilia e trafico de drogas que tem aumentado com uma certa rapidez e a prevenção não tem acompanhado.

Alguns ouvintes participaram e deram sua opinião e sugestão.

A ouvinte Silvete Reis questionou a não utilização dos mais de 20 concursados e aprovados para trabalhar na área da guarda municipal que segundo ela foram desviados de função. Ela acredita que se esses guardas estivessem em suas funções a quem os cabe, esses furtos não estariam acontecendo com freqüência. “Se os mais de 20 guardas municipais que foram concursados estivessem em suas plenas funções acho que ajudariam muito a população, ao contrario a maioria estão desviados de função! Isso e fato! Minha sugestão!!” disse Silvete por meio da rede social.

O outro ouvinte, Mauro Almeida lembrou que a segurança do comercio é de responsabilidade dos mesmos e que tempos atrás os comerciantes pagavam mais de um salário mínimo (cada comercio contribuía com uma quantia) para que um guarda rondasse as proximidades dos estabelecimentos comerciais. 

“Descordando um pouco a opinião, os guardas concursado fazem a guarnição do patrimônio publico e que ate então o roubos estão acontecendo em patrimônio particulares. Vejo que Alguns comerciantes de Cabeceiras já tem seus patrimônios grandes onde já poderia estar fazendo sua própria guarnição e os mais pequenos que situa mais na ribeiro dos santos,lembro muito bem que quando uma parte deles pagavam uma mensalidade para seu Raimundo fazer a guarnição o índice de roubo era bem Menor nos comércios da rua principal”, rebateu Mauro via torpedo SMS.

Além de furtos cometidos pela maioria envolvendo menores, o tráfico e consumo de drogas é visível na cidade e vem aumentando dia após dia. Não foi confirmado pela polícia, mas no início da semana no bairro Enis Machado, moradores relataram que ouve disparos de arma de fogo em uma residência, seria um possível acerto de contas envolvendo drogas, inclusive com a participação de menores.

Vândalos quebram janelas da Academia.
Foto: Bruno Soares
O vandalismo também é um dos atos que envolvem os menores, exemplo, faltando pouco para concluir a obra da Academia da Saúde localizada na Avenida Presidente Juscelino, as janelas de vidro foram quebradas, lâmpadas e suportes arrebentados, maçaneta das portas foram arrancadas, tudo pela falta de um guarda para zelar do local. Há duas semanas o secretário de finanças Enival Ferreira informou que colocaria em alguns dias um guarda para cuidar do local até que ficasse pronto.

O tráfico de drogas tem aumentando em todo o país e chegou às cidades do interior e cresceu rápido, pelo fato de muitas dessas cidades não oferecerem lazer e emprego, tendo como o consumo e o tráfico uma maneira de se conseguir dinheiro. Dinheiro perigoso que muitas vezes termina em morte através de acerto de contas.

Clique e Compartilhe :

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso