PARACATU: Homem mata ex e mais três em ataque em igreja evangélica - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » , , » PARACATU: Homem mata ex e mais três em ataque em igreja evangélica

PARACATU: Homem mata ex e mais três em ataque em igreja evangélica

Publicado por Redação na quarta-feira, 22 de maio de 2019 | 08:11

"Voltei do inferno e tenho missão para cumprir" disse atirador


 (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Quatro pessoas morreram vítimas de um ataque na noite desta terça-feira (21), em Paracatu, no Noroeste de Minas Gerais. De acordo com a Polícia Militar, o autor do crime é o ex-militar das Forças Armadas, Rudson Aragão Guimarães, 39 anos. Ainda não há detalhes sobre motivação do crime.

A intenção de Rudson Aragão Guimarães, segundo a PM, era matar o pastor Evandro Rama, 38 anos, que é casado com a ex-namorada dele. Ele conseguiu escapar do ataque.

As vítimas são a ex-namorada do autor, Heloísa Vieira Andrade, de 59 anos; as fiéis Rosangela Albernaz, 50 anos, e Marilene Marins de Melo Neves, idade não informada; e Antônio Rama, 67 anos, pai do pastor alvo do ataque.

Segundo o major da PM Flávio Santiago, o homem foi até a casa da mãe dele, onde estavam a mãe, a irmã e sua ex-namorada em oração. Então, desferiu um golpe de faca no pescoço da ex-companheira, Heloísa, que morreu no local.

(Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Em seguida, ele foi até uma igreja batista da cidade, onde ocorria uma reunião fechada com aproximadamente 20 pessoas. Ele arrombou a porta da igreja e, de posse de uma garrucha calibre 36, atirou na cabeça de Antônio. Ele era pai do pastor da igreja.

(Foto: Paulo Sérgio/Paracatunews)
Depois disso, o ex-militar recarregou a arma e atirou novamente, desta vez, na cabeça de uma Marilene.

A PM chegou ao local. Ao perceber a presença dos militares, ele fez Rosângela de refém. A corporação tentou negociar, mas ele disparou mais uma vez e acertou na cabeça da mulher. Com isso, as três pessoas morreram no templo.

Rudson invadiu o templo esbravejando palavras desconexas. Ele arrombou o portão e gritava procurando pelo pastor. “Ao chegar na igreja, ele disse que teria voltado do inferno e que tinha uma missão para cumprir”, relatou à imprensa o Coronel Luís Magalhães.

Os militares revidaram e atiraram no homem, que ficou ferido e passou por cirurgia na noite desta terça-feira (21). O estado de saúde é grave.

O delegado Marcelo Alexandre dos Santos disse que ainda está apurando os fatos.

“Ainda é prematuro dizer que se trata de crime passional. É preciso ouvir mais pessoas porque é temerário no momento dizer que é crime passional .As pessoas que estavam no local disseram que o pastor vinha sendo ameaçado por ele há algum tempo. Nossa linha de investigação é descobrir a motivação e porquê ele tinha essa desavenças, fazia essas ameaças contra o pastor”, disse Marcelo.

(Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Rudson Aragão Guimarães (Foto: Reprodução/Redes Sociais)


Com informações do G1 e jornal O Tempo
Clique e Compartilhe
:

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
Siga a Interativa no Instagram @Interativa87
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso