CABECEIRAS: Gramado do estádio Divinão sofre com o mato - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » , » CABECEIRAS: Gramado do estádio Divinão sofre com o mato

CABECEIRAS: Gramado do estádio Divinão sofre com o mato

Publicado por Bruno Soares na quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 | 16:46

Reportagem flagra jovens pulando o alambrado para jogar bola no gramado castigado pelo mato.

O maior palco da festa esportiva de Cabeceiras está passando por um problema gravíssimo. O gramado do Estádio Valdivino Rodrigues da Trindade, popularmente conhecido como Divinão, está sendo castigado pelo mato que já atingiu 70% de sua área.

Quem chega à tela que cerca o campo enxerga apenas o mato. A última partida válida por um campeonato realizado no estádio foi em outubro do ano passado pelo campeonato regional do noroeste de minas. De lá para cá, o gramado, elogiado por visitantes como sendo o melhor da região, foi utilizado somente para jogos festivos.

(Foto: Bruno Soares / Interativa87)
O mato, uma espécie de erva daninha, tem ameaçado o gramado não só agora. Há uns 4 anos atrás ele recebia tratamento especial humano para não deixar ao ponto em que chegou. O mato era arrancado manualmente um a um, pé em pé. No final de 2015, esse trabalho começou a ser feito, mas logo foi interrompido em janeiro desse ano com chuva sem intervalo. Por essa razão, o mato voltou a crescer e de forma rápida. Este mês o vereador Celcio Basílio (Pros) convocou a população, em especial que usufruiu do estádio para ajudar no combate dessas ervas. Mas não obteve sucesso e o problema só tem aumentado a cada dia que passa, podendo ameaçar o campeonato municipal que está previsto para maio ou junho.

Algumas pessoas do meio esportivo estão buscando ajudar o governo municipal a acabar com a praga. A sugestão é utilizar um veneno específico para matar apenas o mato. Segundo eles, a administração tem receio em aplicar o veneno com medo de que o mesmo venha a piorar a situação. Enquanto isso o tempo vai passando e o gramado do Divinão corre o risco de não resistir aos maus tratos da erva. A reportagem ainda flagrou a invasão de jovens no estádio que é fechado e trancado com cadeados. Eles pularam o alambrado e se divertiram.

Jovens aproveitam a ausência de zelador e brincam no estádio (Foto: Bruno Soares / Interativa87)
Segundo um empresário, essa não é a primeira vez que isso acontece, e tem até pedido para que eles não fizessem isso, mas recebia xingamentos em troca.

“Esses meninos vêm aqui quase todos os dias. Eles pulam a tela e brincam aí dentro por muito tempo. Eu até pedi para eles pararem, mas eles fazem é xingar a gente. É complicado, está abandonado”, contou.


Quais os tipos mais comuns de ervas daninhas?
Existem vários tipos de ervas daninhas.

As mais comuns são a Capim do Brejo, Capim da Roça, Tiririca, Trevos, Dente de Leão, Hera terrestre, Sempre-Noiva, Braquiária, Morrião dos Passarinhos, Beldroega, Azedinha, Capim Colchão entre outros.

Qual é a Erva Daninha mais difícil de ser eliminada?
Dentre os vários tipos de ervas daninha, a principal, mais comum e temida é a chamada “TIRIRICA”, cujo nome científico é Cyperys rotundus. A Tiririca possui um conjunto de bulbos, rizomas e tubérculos subterrâneos (conhecidos como batatinhas) que são interligados em forma de corrente de onde surgem as folhas e as hastes florais.
Clique e Compartilhe
:

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso