OPERAÇÃO TRILHO - 5X: PF deflagra nova fase de operação contra desvios de recursos em obras da Ferrovia Norte-Sul - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » , , , , » OPERAÇÃO TRILHO - 5X: PF deflagra nova fase de operação contra desvios de recursos em obras da Ferrovia Norte-Sul

OPERAÇÃO TRILHO - 5X: PF deflagra nova fase de operação contra desvios de recursos em obras da Ferrovia Norte-Sul

Publicado por Redação na quarta-feira, 26 de setembro de 2018 | 10:26

Cerca de 150 policiais cumprem 35 mandados judiciais, sendo 33 de busca e apreensão e dois de sequestro de bens. As ordens são executadas em Goiânia, Formosa, Mineiros e Brasília.

(Foto: Reprodução / TV Anhanguera)

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (26) uma nova operação de combate a crimes de pagamento de propina e desvios de recursos públicos nas obras da Ferrovia Norte-Sul. A corporação investiga o destino dado a aproximadamente R$ 7,5 milhões, repassados por um escritório de advocacia e que não foram declarados à Receita Federal.

A ação foi batizada de 'Trilho - 5x'. Cerca de 150 policiais cumprem 35 mandados judiciais, sendo 33 de busca e apreensão e dois de sequestro de bens. As ordens são executadas em Goiânia, Formosa, Mineiros e Brasília.

De acordo com o Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO), os alvos são pessoas físicas e jurídicas que receberam dinheiro de propina por meio do advogado Heli Dourado. A investigação apontou que o escritório dele foi contratado pelas empreiteiras sem que, todavia, realizasse qualquer tipo de serviço jurídico.

Publicidade


Inclusive, uma fazenda do advogado, situada em Formosa, está sendo sequestrada. O MPF informou que o imóvel foi adquirido por ele com dinheiro recebido das empreiteiras investigadas. O bem, conforme a apuração, foi comprado por meio de um "contrato de gaveta" e não possui registro imobiliário, sendo que sua verdadeira propriedade era mantida de forma oculta.

Segundo o G1, Heli Dourado disse, por telefone, que refuta todas as acusações de repasse de dinheiro de propina e que elas não passam de "meras ilações".

"Prestei, sim, serviço na Ferrovia Norte-Sul, recebi meu dinheiro e paguei meus impostos. Não há provas. Quero ver provarem. Isso não é verdade", afirmou.

Ele confirmou ser o dono da Fazenda Maltizaria e que tem todos os documentos para comprovar sua aquisição dentro da legalidade. Questionado sobre o mandado de sequestro do imóvel, ele respondeu: "Estou sabendo por você".

Informações do G1/GO
Clique e Compartilhe :

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso