ELEIÇÕES 2020: Veja como foi a entrevista com os oito pré-candidatos a prefeito de Cabeceiras - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » , » ELEIÇÕES 2020: Veja como foi a entrevista com os oito pré-candidatos a prefeito de Cabeceiras

ELEIÇÕES 2020: Veja como foi a entrevista com os oito pré-candidatos a prefeito de Cabeceiras

Publicado por Redação na quinta-feira, 16 de julho de 2020 | 00:43


Na quarta-feira (15) a rádio Interativa FM encerrou a série de entrevistas com pré-candidatos a prefeito de Cabeceiras. De 6 a 15 deste mês, oito políticos participaram do programa Conexão Interativa que vai ao ar às 08h e apresentaram suas ideias e desejos em concorrer às eleições municipais deste ano.

Devido a pandemia da Covid-19, as convenções partidárias vão acontecer entre 31 de agosto e 16 de setembro. É nelas que serão definidos os candidatos que vão disputar o pleito que será no dia 15 de novembro.

A produção do programa elaborou dez perguntas que foram disponibilizadas com antecedência para os pré-candidatos. Eles tiveram 20 minutos para respondê-las. As entrevistas foram transmitidas em áudio e vídeo simultaneamente na página da Interativa no Facebook e canal no YouTube além de áudio pelo site e aplicativos para Smartphone e Iphone. Com isso, os ouvintes puderam conhecer os futuros candidatos em várias plataformas.

Confira abaixo como foi a entrevista. Elas foram separadas na ordem em que foram realizadas.

Nadir de Paiva (Progressistas)


Luís Inácio (Progressistas)


Gerson Ataídes (PSD)


Bruno Santos (Solidariedade)


Tuta (PDT)


Monteiro Maravilha (Podemos)


Bim de Oemis (Progressistas)


Emival Ribeiro (Progressistas)



Clique e Compartilhe
:

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso