CABECEIRAS: Neta diz que avô não morreu de covid-19 - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » , » CABECEIRAS: Neta diz que avô não morreu de covid-19

CABECEIRAS: Neta diz que avô não morreu de covid-19

Publicado por Redação na sexta-feira, 22 de maio de 2020 | 22:34

Silvia disse em entrevista ao programa Alô Cabeceiras que o avô passou por cirurgia no fêmur e em consequência de outros problemas de saúde se agravou. Idoso estava internado em um hospital em Goiânia.



A Prefeitura informou na noite de quinta-feira (21) dois casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no município, incluindo um óbito. Trata-se de um idoso, Manoel da Cunha Monteiro de 83 anos. O segundo que testou positivo foi o neto da vítima.

O prefeito Everton Francisco de Matos “Tuta”, acompanhado da coordenadora de Vigilância em Saúde Regina Justo e do secretário de Saúde Fausto da Silva Sandoval informaram que receberam da Secretaria de Saúde do Estado de Goiás o resultado do exame apontando que o idoso havia falecido por covid-19. No entanto, Regina Justo pediu cautela e disse que o caso estava sendo investigado, uma vez que o paciente estava sendo tratado em Goiânia por outros problemas de saúde que se agravaram nos últimos dias. Já o seu neto foi submetido ao teste rápido em Cabeceiras, testando positivo para o vírus.

Os familiares que tiveram contato com ele também fizeram o teste rápido que apresentou negativo. Eles estão sendo monitorados pela equipe da Vigilância em Saúde.

Devido a repercussão do caso, a neta do Manoel, Silvia de Souza Santos falou ao vivo no programa Alô Cabeceiras na Interativa FM  na manhã desta sexta-feira (22) que o avô não foi vítima da covid-19. Ela contou detalhes sobre o estado de saúde do avô.

Segundo Silvia, o idoso fraturou o fêmur meses atrás e foi submetido a uma cirurgia em um Hospital de Goiânia. Alguns dias depois retornou para Cabeceiras, mas devido as complicações teve que voltar para capital.

“Ele teve uma fratura no fêmur e foi internado em Goiânia para fazer cirurgia. Meu avô tinha outros problemas. Doenças graves que vinha há alguns anos. Após cinco dias da cirurgia apareceu um problema renal muito sério. Ele ganhou alta, mas a gente não podia vir embora e ficamos lá por treze dias para fazer exames”, explicou

Silvia relatou ainda que após os médicos verem os exames, deu alta hospitalar, mas o seu avô teria que usar uma sonda e posteriormente ser submetido a hemodiálise.

No último dia 12 o paciente foi internado no Hospital Municipal de Cabeceiras (HMC). No dia seguinte ele foi encaminhado para Goiânia novamente onde ficou na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Na segunda-feira (18) pela manhã o paciente passou por novos exames, inclusive de covid-19. A tarde ele faleceu. O resultado do exame saiu somente na quinta-feira (21).

Silvia defende que o seu avô não faleceu de covid-19 e apresentou documento que confirma o que disse.

No site da Secretaria de Saúde de Goiás não consta, até a manhã deste sábado (23), óbito por covid-19 em Cabeceiras. O site que é atualizado a cada 30 minutos (segundo mensagem no próprio site) também não mostra casos positivos. Os dados ainda mostram do mês de abril, quando surgiram os casos suspeitos e que foram descartados.

(Foto: Reprodução)

 Assista abaixo a entrevista na íntegra a entrevista com Silvia de Souza Santos.


(Foto: Reprodução)

Hospital Municipal de Cabeceiras conta com dois respiradores.


Clique e Compartilhe
:

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
Instagram @Interativa87
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso