CIDADES: Adolescente é apreendida suspeita de matar madrasta a marteladas após ter o celular confiscado, em Goiás - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » , » CIDADES: Adolescente é apreendida suspeita de matar madrasta a marteladas após ter o celular confiscado, em Goiás

CIDADES: Adolescente é apreendida suspeita de matar madrasta a marteladas após ter o celular confiscado, em Goiás

Publicado por Redação na segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018 | 18:23

A enteada de 15 anos confessou ato infracional em depoimento. .


((Foto: Divulgação/Huana))

O caso aconteceu em Anápolis, cidade que fica à 55 km de Goiânia, Capital. A mulher de 28 anos acabou não resistindo aos ferimentos e morreu nesta segunda-feira (12). Ela estava internada a seis dias no Hospital de Urgências de Anápolis (Huana).

Segundo o G1, a vítima estava em casa dormindo, quando a enteada dela, uma adolescente de 15 anos a atacou com golpes de martelo na madrugada de terça-feira (06). A menor foi apreendida e segundo a polícia confessou o ato. A motivação foi que a madrasta e o pai teriam confiscado seu celular como castigo após um caso de desobediência, segundo ela mesma relatou a polícia.

Publicidade




No dia do ataque, o pai da adolescente saiu mais cedo para trabalhar e ela pegou um martelo e desferiu ao menos cinco golpes contra a mulher. Além dos três, também vivia na residência o filho do casal, de 10 anos, que não presenciou a cena porque estava dormindo, segundo o G1.

De acordo com a delegada Kênia Batista Dutra Segantini, responsável pelo caso disse que, inicialmente, a menor chegou a acionar o socorro e alegar que a madrasta havia sido atacada por outra pessoa. No entanto, ao ser ouvida pela polícia, ela acabou confessando e foi apreendida no mesmo dia.

Kênia informou que, apesar da situação, a adolescente tinha uma boa convivência com a vítima. "Ela reclamou apenas que ela e o pai eram muito rígidos", destaca.

A autora foi levada para Goiânia onde ficará internada em uma casa para menores infratores. Ela responderá por ato infracional análogo ao crime de homicídio. Se condenada, pode ficar internada por no máximo três anos.



Clique e Compartilhe
:

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso