CABECEIRAS: Secretaria de Saúde sofre ato de vandalismo - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » , » CABECEIRAS: Secretaria de Saúde sofre ato de vandalismo

CABECEIRAS: Secretaria de Saúde sofre ato de vandalismo

Publicado por Bruno Soares na quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 | 15:44

Sem guarda no local, os vidros foram quebrados e até um carro serviu de brinquedo no pátio.

(Foto: Bruno Soares)
A sede da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) foi vítima de vandalismo na madrugada desta quinta – feira (11). Portas e janelas foram apedrejadas e um dos três carros que estavam no pátio ficou danificado supostamente por ter sido usado para realizar manobras radicais no local.

Segundo o secretário de saúde, Chicão Lima, não foi levado nada do local, o que não configura em furto, apenas danos materiais. Chicão ainda não conseguiu avaliar os prejuízos causados. Os computadores não foram danificados. Foi encontrado apenas um teclado de computador jogado do lado de fora.

O(s) vândalo(s) estava(m) tão a vontade, que um carro serviu como brinquedo. No chão ficaram marcas de derrapagem.

Galeria/Fotos

Por telefone a reportagem conversou com Geraldo Vicente, responsável pela administração dos guardas que trabalham na segurança dos imóveis públicos do município. Segundo o “Chefe dos Guardas” como é popularmente chamado, não havia guarda trabalhando no local na noite em que aconteceu a invasão da secretaria de saúde. Ele ressalta que o problema está na falta de funcionários, ao colocar em funcionamento os novos imóveis; Unidades Básicas de Saúde da Família (UBS) no bairro Enis Machado e agora a administração da secretaria, não está tendo guardas o suficiente para fazer a vigília dos patrimônios.

“Não tinha guarda na hora que aconteceu isso lá. Não estamos tendo guardas suficientes para cuidar de todos os prédios públicos. Começou a funcionar dois novos postos de saúde e estamos fazendo algumas mudanças para colocar guardas nesses locais. Nesse antigo postinho que aconteceu isso, não tinha guarda porque o rapaz que eu coloquei, teve que sair por causa de um problema de saúde da família e não tinha outro para colocar no lugar. Estou até querendo conversar com o Enival (secretário de finanças) para ver a possibilidade de contratar mais guardas”, explicou Geraldo

Questionado sobre o guarda que estava trabalhando ao lado, Geraldo disse que ele não percebeu a ação. “Conversei com ele, e me disse que não viu nada. Estava na guarita no portão da frente e não percebeu nenhuma movimentação”, respondeu Gerado Vicente

Ainda segundo Geraldo, a guarda municipal é composta por 29 homens, dois foram embora para Goiânia e o outro para Brasília. “Temos apenas 29 guardas trabalhando na troca de turno de 24h por 72h. Tivemos duas baixas com a saída de dois guardas que foram saíram, um foi para Goiânia e o outro para Brasília”, concluiu

Para facilitar o trabalho administrativo e o atendimento ao público, a secretaria foi tirada das salas do hospital municipal e levada para a antiga Unidade Básica de Saúde da Família na Avenida Ribeiro Dos Santos no bairro Mariano Machado, que recebeu um imóvel novo no mesmo bairro. Estava ativo a pouco mais de duas semanas e fica localizado ao lado da garagem municipal.

Bastante chateado com o ocorrido, o secretário de saúde Chicão Lima pede ajuda da população, caso tenha alguma informação, para procurar a polícia. O secretário está aguardando a visita da perícia para tentar chegar a alguma informação que possa indicar o suspeito ou suspeitos de cometerem o ato.

Furto na escola municipal Laís
(Foto: Divulgação)
Essa semana outro imóvel público foi invadido. A porta da cozinha da escola municipal Laís Inácio Ferreira foi arrombada e foi levado do local um botijão de gás e frios que seriam preparados para o lanche dos alunos. Segundo o diretor da escola o furto aconteceu de terça para quarta – feira desta semana. Ao chegar à escola o guarda percebeu a porta da cozinha arrombada (Leia +).

Sobre esse furto, o chefe dos guardas disse para reportagem que também não havia guarda no momento em que aconteceu a ação criminosa. Segundo Geraldo, só há guarda aos finais de semana e que, durante a semana foi retirado a pedido da direção da escola que ficou responsável, mas que, conversou nesta quinta com o diretor e foi colocado novamente guarda todos os dias.
Clique e Compartilhe
:

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso