CABECEIRAS: Imóvel da Subdelegacia da Polícia Civil passa por vistoria técnica - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » , » CABECEIRAS: Imóvel da Subdelegacia da Polícia Civil passa por vistoria técnica

CABECEIRAS: Imóvel da Subdelegacia da Polícia Civil passa por vistoria técnica

Publicado por Bruno Soares na quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016 | 08:29

Engenheiro civil entregará em 15 dias o orçamento para reforma do imóvel
Após a reforma o delegado garantiu funcionamento diário da Polícia Civil na cidade

(Foto: Matheus Antunes / Interativa87)
Uma vistoria técnica foi realizada na manhã desta terça – feira (23) no prédio em que deverá funcionar em um futuro próximo a subdelegacia da Polícia Civil em Cabeceiras. Acompanhados de um engenheiro civil, o presidente da câmara, vereador Edmundo Gomes “Mundim” (PSB) e o Delegado Titular da 11º Delegacia Regional da Polícia Civil de Goiás (DRP) lotado em Formosa, Joaquim Adorno foi verificada a estrutura do imóvel.

Abelardo Paiva (Foto: Matheus Antunes/Interativa87)
O engenheiro Abelardo Paiva garantiu que em 15 dias entregará o projeto para o legislativo e o executivo, assim como também o orçamento da obra para reforma. Segundo o engenheiro, o imóvel é antigo, mas tem uma estrutura boa.

“Embora o prédio seja antigo, pouco mais de 35 anos, a estrutura é muito boa. Será preciso reformar o telhado, dar manutenção na parte hidráulica e melhorar a parte visual para ficar bonito. Dentro de 15 dias entregarei para o presidente Mundim e a prefeitura o projeto em 3D para eles verem como ficará depois de pronto”, explicou Abelardo Paiva

O imóvel pertence ao município, e para agilizar o funcionamento da subdelegacia em Cabeceiras, Edmundo Gomes optou por imediato resolver com recursos do próprio município. Para ele, criar um projeto doando para o estado pode levar mais tempo, e os Cabeceirenses precisam dos serviços da Polícia Civil com urgência.

Edmundo Gomes (Foto: Matheus Antunes/Interativa87)
“Esse prédio é do município, ou seja, não é do estado. Para não demorar ainda mais com a criação de um projeto doando para o estado, tendo que levar para votação no legislativo, preferimos manter em poder do município. Então, se queremos colocar em prática o mais rápido possível, vamos todos se unir para reformar e colocar em funcionamento, e isso é para ontem”, ressaltou o presidente da câmara, Edmundo Gomes

Ainda segundo o Edmundo, após o projeto (planta apresentada pelo engenheiro) pronto e aprovado na câmara, autorizando o governo municipal a pagar pela reforma, o legislativo pretende realizar uma reunião com os comerciantes e produtores rurais do município para discutir apoio financeiro que será aplicado na obra de revitalização.

Para contribuir no levantamento de recursos, o delegado autorizou a doação de veículos (sucatas) que estavam parados nos fundos da delegacia para serem leiloados (total de três). Os veículos estavam servindo de abrigo para animais peçonhentos e até mesmo criadouro de mosquitos, principalmente o Aedes aegypti, além de estarem sendo destruídos pelo tempo debaixo de sol e chuva.

PÁTIO DA POLÍCIA CIVIL - CABECEIRAS (23/02/2016)

O secretário de transportes e obras, Fernando Manoel já estava no local providenciando a retirada das sucatas do local.

Município.
Para o funcionamento integral da polícia civil na cidade, o governo municipal terá que arcar com a reforma do imóvel, disponibilizar dois servidores públicos para o atendimento (eles serão treinados pela polícia civil) e instalar internet de aproximadamente 5 megabytes.

(Foto: Bruno Soares / Interativa87)

Polícia Civil
De acordo com o Delegado Joaquim Adorno, a subdelegacia contará com um agente da polícia civil, uma viatura, os móveis e o sistema informatizado direto com a central.

(Foto: Matheus Antunes / Interativa87)

Benefícios à população
A maioria dos registros de ocorrência e investigação de pequenos crimes poderá ser feito na subdelegacia, sem a necessidade do morador se deslocar para Formosa. Só os casos mais graves que necessite de um delegado será encaminhado para Formosa, mas não será necessário que a polícia militar desloque com a única viatura da cidade, deixando a cidade desguarnecida, uma vez que, a polícia civil terá sua viatura própria.
(Foto: Matheus Antunes  / Interativa87)
A subdelegacia não prestava serviços frequentes no município a pouco mais de dois anos. Os moradores sempre tem dificuldades em registrar pequenas ocorrências por encontrar às portas fechadas sendo obrigados a se deslocarem para Formosa. Por essa razão muitos TCOs (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e outros não eram registradas, a vítima sempre desistia. A agente Paula é lotada em Formosa, como mora no município ajudava no que podia. A esperança é que, agora, a solução de pequenos crimes e o registro das ocorrências sejam feitas na própria cidade.
Clique e Compartilhe
:

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso