CABECEIRAS: Subdelegacia da Polícia Civil é reinaugurada - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
 
Home » , » CABECEIRAS: Subdelegacia da Polícia Civil é reinaugurada

CABECEIRAS: Subdelegacia da Polícia Civil é reinaugurada

Publicado por Bruno Soares na quinta-feira, 29 de junho de 2017 | 17:55

(Foto: Matheus Antunes/Interativa87)

A subdelegacia da Polícia Civil foi reinaugurada na manhã desta quinta-feira (29) em cerimônia que teve a presença de delegados, policiais civis, militares, comandante, vereadores, prefeito, vice, comerciantes, secretários municipais, presidente do Sindicato Rural e alguns moradores. A Guarda Civil Municipal (GCM) também participaram do evento que teve início por volta das 10h20 e encerramento às 11h50.

Publicidade



(Foto: Matheus Antunes/Interativa87)
Antes de iniciar a convocação para composição da mesa, foi servido café da manhã. Em todos os discursos foi unanime a palavra "União" usada para destacar a segurança do município e a importância da participação da população e todos que se uniram para que fosse possível reformar e colocar em funcionamento a subdelegacia da Polícia Civil na cidade.

Vereador Mundim (Foto: Matheus Antunes/Interativa87)
O vereador Edmundo Gomes Filho "Mundim" (PSB) exaltou a colaboração da população, entidades públicas e privadas que atenderam o seu pedido quando presidiu a câmara em 2016 e trabalharam em prol da reforma do imóvel com doações e mão de obra. Rebateu críticas a respeito do pedido de doações para reforma da subdelegacia e ressaltou que todo trabalho foi feito de forma transparente e que, para isso foi criada a comissão envolvendo moradores, representantes do legislativo, executivo e Sindicato Rural. Por fim, agradeceu ao Delegado Titular da 11º Delegacia Regional da Polícia Civil de Goiás (DRP), Joaquim Adorno por ter atendido ao seu pedido e da comunidade e por depositar confiança para reativação da Polícia Civil na cidade que agora o cidadão vai poder contar com vários serviços da polícia civil.

Delegado da Polícia Civil, Joaquim Adorno
(Foto: Matheus Antunes/Interativa87)
O delegado Joaquim Adorno parabenizou a comunidade pelo "belo trabalho" feito para que fosse possível a reestruturação do imóvel, destacando a persistência do vereador Mundim. Segundo Joaquim, várias cidades que são atendidas pela delegacia de polícia civil em Formosa tem cobrado serviços efetivos em suas cidades, no entanto, a mesma proposta que apresentou ao vereador Mundim foi feita para essas cidades e não tiveram êxito e com uma certa desconfiança não acreditava que estaria reinaugurando às instalações em Cabeceiras. Joaquim voltou a parabenizar o empenho de todos e garantiu serviço de eficiência na cidade disponibilizando os serviços da polícia civil, salvo aqueles que forem flagrante que deverão ainda ser em Formosa, uma viatura fixa na cidade com um agente da polícia e dependendo da demanda o delegado Jandson Bernardo Da Silva estará vindo uma vez na semana para atender a população.

Publicidade



Prefeito Tuta (Foto: Matheus Antunes/Interativa87)
A união entre às entidades policiais foi fortalecida ainda mais com a disponibilidade de uma sala exclusivamente para Polícia Militar (PM) cedida pelo delegado Joaquim para que o trabalho entre às policiais sejam mais rápidas. Nessa sala terá computador e serviço integrado com a polícia civil agilizando trabalhos entre às duas entidades. Para Joaquim, é importante essa união para servir a comunidade com um trabalho de qualidade e o imóvel também vai ter uma sala disponível para Guarda Civil Municipal (GCM) que aguarda os últimos ajustes do governo municipal para colocar em prática. Ajustes esse que o prefeito Everton Francisco de Matos "Tuta" (PDT) ressaltou que breve estará colocando em funcionamento. O departamento jurídico da prefeitura está concluindo o estatuto e dentro da lei e condições administrativas os guardas estarão trabalhando nas ruas em prol da segurança do patrimônio público e da população.

O delegado Joaquim Adorno divulgou ainda o telefone para atendimento ao público e também o horário de funcionamento da subdelegacia, ficando assim; de segunda a sexta-feira das 08h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00. O telefone residencial em que a população poderá fazer denúncias ou buscar informações é o 61- 3636 1590.


Tenente Coronel Costa (Foto: Matheus Antunes/Interativa87)
O tenente coronel Eduardo Rodrigues da Costa, Comandante do 11º CRPM (Comando Regional de Polícia Militar) garantiu a volta do programa Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas). O comando do programa na região é do Capitão Nilton, que esteve presente na cerimônia e disse a reportagem do Interativa87 que está muito feliz em poder voltar a fazer esse trabalho em Cabeceiras, que deverá ser realizado a partir de agosto.

Padre Flaunei (Foto: Matheus Antunes/Interativa87)
Por fim o Padre da Paróquia Santa Rosa de Lima, Flaunei Alves fez uma oração, mas antes aproveitou a oportunidade em que todos os representantes da segurança pública do estado estava presente para sugerir, que, assim como foi feito um mutirão para reforma da subdelegacia, que fosse feito também para construção de um posto do Comando de Operações de Divisas (COD) da Polícia Militar (PM) preferencialmente nas divisas do município que faz fronteira com cidades mineiras. Para o pároco, seria importante desvincular a base que está construída ao lado do Posto da Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRV) que funciona também a Patrulha Rural e uma base na divisa sendo construída na comunidade Cabeceira da Mata iria colaborar e facilitar os serviços do COD. O coronel Costa comandante do 11º CRPM disse que poderia estudar essa possibilidade e para isso a prefeitura teria que fazer um projeto, encaminhá-lo para aprovação da câmara e enviado a câmara Legislativa de Goiãnia e se aprovado para a secretaria de segurança pública do estado.

Após os discursos, foi definitivamente inaugurada a sede da subdelegacia com o desato do nó da faixa e a exibição da placa fixada na entrada do imóvel com nomes das pessoas que participaram da reforma. Em seguida às portas foram abertas para que conhecessem ás instalações.

(Foto: Matheus Antunes/Interativa87)


Composição da mesa
Everton Francisco de Mattos (Tuta) - Prefeito
Rita Matos - Primeira Dama
Bim de Omes - Vice-prefeito
Gilberto Araújo - Presidente da Câmara
Joaquim Adorno - Delegado Titular da 11º Delegacia Regional da Polícia Civil de Goiás (DRP)
Jandson Bernardo Da Silva -  Delegado da 2º Delegacia Distrital da Polícia Civil de Formosa (GO)
Eduardo Rodrigues da Costa - Tenente Coronel, Comandante do 11º CRPM (Comando Regional de Polícia Militar)
Fernanda Lima - Delegada da Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) de Formosa
Vytautas Zumas - Delegado do GENARC (Grupo Especial de Repressão a Narcóticos)
Joaquim Pereira Sobrinho - Presidente do Conselho Municipal de Segurança
Sargento Stabenow - Corpo de Bombeiros
Arno Bruno Weis - Presidente do Sindicato Rural de Cabeceiras

*Vereadores
*Antonino Gomes Lima
*Edmundo Gomes Filho
*Pedro Ramos Caetano
*Wellinton Pereira Batista
*João Rosa da Silva (licenciado - secretário de finanças do governo municipal)
*Rogério Machado

Padre Flaunei Alves
Manoel Teixeira Barbosa - Ex-vereador e atual agente da Polícia Federal (PF)

Confira a galeria de fotos abaixo.
Por Matheus Antunes/Interativa87

REINAUGURAÇÃO DA SUBDELEGACIA DA POLÍCIA CIVIL

Reforma do imóvel e reclamação da população.
(Foto: Arquivo/Interativa87)

Em fevereiro de 2016 o vereador Mundim convocou uma audiência pública para discutir a segurança do município diante do grande número de roubos e furtos. Na ocasião participaram do evento o comandante regional do 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Major Moura que responde por Cabeceiras, Formosa, Flores e Vila Boa, comandante da Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRV), Tenente Jornanes, comerciantes e moradores. Moura orientou que fosse importante a reativação dos serviços da Polícia Civil na cidade com mais frequência, onde a população poderia registrar boletins de ocorrências, fazer denúncias, assim como é feito na PM e posteriormente as investigações e as operações seriam mais ágeis, uma vez que, já teria agentes da Polícia Civil na cidade para levar com mais rapidez ao juiz responsável pela região.

REFORMA DA SUBDELEGACIA DA POLÍCIA CIVIL

Após essa audiência pública, o presidente da câmara, Mundim realizou em abril outra audiência com a presença do Delegado Titular da 11º Delegacia Regional da Polícia Civil de Goiás (DRP) lotado em Formosa, Joaquim Adorno. Nessa audiência pública que também contou com a participação de moradores e comerciantes, além de produtores rurais, o delegado pediu apoio da câmara, do governo municipal para reformar a subdelegacia, pois o estado não podia investir dinheiro no prédio pertence ao município e não ao estado.

Para que fosse transferido para o poder estadual, a prefeitura teria que fazer um projeto de doação e a câmara aprovar em três turnos, o que levaria mais tempo e nenhuma garantia do estado de que seria reformado e colocado em funcionamento. Diante dessa situação e a pressa em ter um serviço frequente da Polícia Civil na cidade, Edmundo Gomes optou por imediato resolver com recursos do próprio município e apoio do comércio, empresários, produtores rurais, Sindicato Rural e da população, criando um mutirão e uma comissão responsável pela administração de todo material doado e mão de obra. A mão de obra com pedreiros e outros serviços ficaram a cargo do governo municipal, na época o prefeito era o Nadir de Paiva (PP). Sucatas de veículos que estavam no quintal do imóvel foram leiloados e o dinheiro investido na reforma.
(Foto: Bruno Soares/Interativa87)

Foram 80 dias de trabalho e foram investidos cerca de R$ 20 mil. A reforma foi ampla com troca de janelas, portas, telhado e paredes, tudo conforme exigido pelo delegado Joaquim Adorno que, prometeu após concluída a reforma disponibilizar um agente da Polícia Civil, uma viatura e a presença de um delegado uma vez por semana, podendo ser ampliada para duas vezes para agilizar os boletins de pequenas causas registradas, e até mesmo as ações em flagrante.

Um sistema informatizado do serviço interno da polícia já foi instalado nas máquinas para o registro de ocorrências e consulta criminal. O agente local poderá dar inícios às pequenas investigações e dar suporte a Polícia Militar. Conforme Joaquim, será um trabalho de parceria entre as Polícias Civil e Militar.

O município ficará responsável por disponibilizar dois servidores que trabalharão no atendimento da população na delegacia.
Clique e Compartilhe :

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso