CIDADANIA: Brasil é o pior país da América do Sul para se nascer mulher, segundo ONG internacional - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
 
Home » » CIDADANIA: Brasil é o pior país da América do Sul para se nascer mulher, segundo ONG internacional

CIDADANIA: Brasil é o pior país da América do Sul para se nascer mulher, segundo ONG internacional

Publicado por Redação na quinta-feira, 13 de outubro de 2016 | 21:01


O Brasil é o pior país da América do Sul para se nascer mulher, de acordo com ranking divulgado pela Organização Não Governamental Save The Children. De acordo com o relatório, no ranking dos 144 países analisados, o Brasil ocupa a 102ª posição, e é o último país sul-americano da lista.

A classificação leva em conta dados sobre casamento infantil, gravidez na adolescência, representação de mulheres na política, conclusão da escola secundária e mortalidade materna.

De acordo com o relatório, o Brasil, que tem uma renda média considerada alta, está apenas três posições a frente do Haiti, um dos lugares mais pobres do mundo. O Brasil também é destaque negativo por apresentar um alto índice de gravidez na adolescência e casamento infantil.

Publicidade

O documento também mostra outros dados preocupantes. De acordo com o relatório, 700 milhões de meninas no mundo se casam antes dos 18 anos, sendo que uma a cada três se casa antes de completar 15.

Além disso, duas bilhões e 600 mil meninas vivem em países onde o estupro cometido pelos maridos não é criminalizado de forma explícita. Já a mortalidade materna é apresentada como a segunda maior causa de morta de garotas entre 15 e 19 anos, e fica atrás apenas do suicídio.


Reportagem, Bruna Goularte / Agência do Rádio
Clique e Compartilhe :

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 radiosaovivo.net /
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso