CABECEIRAS: Linha de Transmissão de Energia afetará produtores rurais do município. - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » » CABECEIRAS: Linha de Transmissão de Energia afetará produtores rurais do município.

CABECEIRAS: Linha de Transmissão de Energia afetará produtores rurais do município.

Publicado por Redação na terça-feira, 22 de abril de 2014 | 12:48

Agricultores estão preocupados com a LT passando pela sua propriedade.
Segundo eles, a linha prejudicará a sua produção agrícola.



Uma Linha de Transmissão (LT) de alta tensão está prestes a cortar o município onde levará mais energia para algumas cidades goiana e mineira nos próximos meses. Porém, para os produtores rurais de Cabeceiras, elas não vão trazer benefícios, e sim, prejuízos. Preocupados com a instalação dessa linha, eles se reuniram na tarde de quarta – feira (16) no auditório do Sindicato Rural da cidade para discutir o assunto que poderá mudar a produtividade das regiões onde elas serão instaladas.

(Foto: Reprodução)
Ao todo serão usados cerca 45 quilômetros de terreno cabeceirense e várias fazendas produtoras de grãos perderão hectares valiosos. Para participar desta reunião estava previsto os representantes da COPEL (Companhia Paranaense de Energia) que é responsável pela construção, manutenção e operação durante 30 anos dessa linha energética e da Paranaíba Transmissora de Energia S.A, mas segundo o Presidente do Sindicato Rural, Arno Bruno, eles enviaram um ofício informando que não seria possível a participação dos representantes e que no documento, que acabou sendo entregue aos presentes na reunião, haverá três audiências públicas marcadas para os dias 22, 23 e 25 deste mês sendo a primeira em São Desidério na Bahia (BA), a cerca de 546 quilômetros de Cabeceiras, a segunda em Posse (GO), distante 259 quilômetros e a ultima em Brasilândia de Minhas (MG), a 219 quilômetros do município. Os produtores rurais ficaram insatisfeitos por se tratar de cidades de longa distância de Cabeceiras e consideraram falta de respeito por parte da empresa. Eles querem uma reunião mais próxima, em Formosa ou no próprio município.

Essa LT de 500 kV (quilovolt) sairá da Subestação (SE) de Barreiras (BA), até a SE de Rio das Éguas em Correntina (BA), SE de Luziânia (GO) até a SE de Pirapora (MG) e cortará 19 municípios, 9 só em Goiás (Veja no mapa abaixo). Segundo a empresa, o lote é composto por três linhas de transmissão em 500 kV, que devem promover um reforço estrutural que permitirá o aumento da exportação de energia das regiões Norte e Nordeste para o Sudeste com a entrada em operação da Usina Belo Monte.

Localização
- LT Barreiras II – Rio das Éguas (244 km de extensão)
Bahia: municípios de Barreiras, São Desidério, Correntina.
- LT Rio das Éguas – Luziânia (373 km)
Bahia: Jaborandi, Correntina.
Minas Gerais: Unaí, Cabeceira Grande.
Goiás: Luziânia, Cristalina, Cabeceiras, Formosa, ila Boa, Flores de Goiás, Alvorada do Norte, Simolândia, Posse, Guarani de Goiás.
- LT Luziânia – Pirapora 2 (350 km)
Goiás: Luziânia, Cristalina.
Minas Gerais: Unaí, Dom Bosco, Brasilândia de Minas, Buritizeiro, Pirapora, João Pinheiro.

Fazendas do município de Cabeceiras onde passará a LT.
Fazenda Agroparaná
Fazenda Buriti Cumprido
Fazenda Bolivia II
Fazenda Três irmãos
Fazenda Sucuriu
Fazenda Laguna
Fazenda Fartura
Fazenda Tio Otto
Fazensa Bianco
Fazenda Tropical
Fazenda Rotta
Fazenda dos Ampessan

Todas essas fazenda são grande produtoras de grãos.
(Foto: Divulgação)
Sem muito que fazer os produtores rurais onde a LT passará, terão como única opção, valorizar a sua propriedade para não vender com preço baixo a aérea que será afetada pela linha. Eles devem fazer uma avaliação dos prejuízos que terão com a LT instalada na área de plantio e colocar ressalvas onde futuramente o produtor irá instalar um pivô, que é utilizado na irrigação de suas plantações no período de estiagem, pois com a instalação da LT, não será possível a instalação desses pivôs.

Caso esteja nos planos dos produtores à instalação de um ou mais pivô, a empresa terá que mudar a rota onde ficará a LT para não prejudicar a produção dos agricultores. De acordo com Arno Bruno, a linha também prejudicará a pulverização aérea que é bastante utilizada para aplicação de defensivos na plantação devido aos cabos de alta tensão das torres, e isso dificultará esse tipo de trabalho dos produtores que não poderão usufruir desse sistema onde um grave acidente poderá ocorrer por uma possível colisão do avião com a rede de alta tensão. A largura de ocupação da LT é de aproximadamente 70 metros.

O Sindicato Rural deverá realizar outra reunião com os produtores rurais onde a Linha de Transmissão será instalada.
Clique e Compartilhe
:

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
Siga a Interativa no Instagram @Interativa87
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso