CABECEIRA GRANDE: PM continua buscas pelo segundo suspeito de matar comerciante - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
Home » , » CABECEIRA GRANDE: PM continua buscas pelo segundo suspeito de matar comerciante

CABECEIRA GRANDE: PM continua buscas pelo segundo suspeito de matar comerciante

Publicado por Redação na sexta-feira, 11 de maio de 2018 | 11:07

Homem confessou a autoria do crime e alegou que a motivação foi uma discussão banal e excesso de bebida alcoólica. A PM continua na busca pelo segundo suspeito.


(Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Na manhã desta quinta-feira (10), em menos de 24 horas, a Polícia Militar (PM) prendeu um dos suspeitos de participar da morte do comerciante, Belchior Clementino da Silva, 59 anos de idade, no fim da tarde de quarta-feira (9) em Cabeceira Grande, no Noroeste de Minas Gerais.

O suspeito, identificado como Melquides Soares dos Santos, 27 anos, foi preso em uma fazenda, distante a cerca de 10 quilômetros do centro da cidade e confessou a autoria do crime, segundo informou o Sargento Adilson ao Interativa87.


Publicidade



Melquides alegou a polícia que o crime foi motivado por uma discussão banal e devido ao uso excessivo de álcool, segundo informou Adilson.

A PM ainda faz buscas para localizar o segundo homem que teria participado do crime. Ele foi identificado como Elias Soares dos Santos, 25 anos, que é o irmão de Melquides. A informação, segundo o sargento Adilson, é que Elias esteja escondido no meio da mata. Equipes policiais de Unaí, também monitoram a região.

O bar fica localizado na Avenida Central, em Cabeceira Grande (Foto: David Campos/Arquivo Pessoal)

Ainda segundo Adilson, o Melquides Soares dos Santos já tem passagens por tentativa de homicídio e roubo. Ele é natural de São Francisco (MG) e foi levado ainda na quinta-feira para Delegacia de Polícia em Unaí.

O crime
Belchior, comerciante (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
A Polícia Militar (PM) de Cabeceira Grande foi acionada por volta das 17h30 de quarta-feira (9) após um vizinho notar algo estranho na residência de Belchior Clementino da Silva. O volume alto do som na residência chamou a atenção desse vizinho que, ao chegar no local, encontrou o corpo caído no chão, ao lado da cama com ferimentos na cabeça e as mãos amarradas com fio de energia elétrica.

Na ocasião, Belchior foi visto com dois homens desconhecidos na região no bar, que é de sua propriedade na parte da frente da sua casa, fazendo uso de bebidas alcoólicas e jogando sinuca momentos antes do crime.

Belchior foi socorrido ainda com vida e encaminhado a Unidade de Saúde de Cabeceira Grande, onde momentos depois, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Clique e Compartilhe :

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso