CABECEIRAS: Subdelegacia da Polícia Civil será reinaugurada nesta quinta (29) - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
 
Home » , » CABECEIRAS: Subdelegacia da Polícia Civil será reinaugurada nesta quinta (29)

CABECEIRAS: Subdelegacia da Polícia Civil será reinaugurada nesta quinta (29)

Publicado por Bruno Soares na quarta-feira, 28 de junho de 2017 | 18:08

(Foto: Bruno Soares/Interativa87)

Será realizada nesta quinta-feira (29) a reinauguração da sede da Subdelegacia da Polícia Civil, localizada na Rua Francisco Sebastião, Centro. A cerimônia está marcada para às 10h00 e está prevista a presença do Delegado Geral da Polícia Civil, Álvaro Cássio Dos Santos e do Secretário de Segurança Pública do Estado, Ricardo Balestreri e demais autoridades.

Publicidade



A programação completa do evento não foi informado pelo governo municipal. A placa de reinauguração começou a ser confeccionada nesta terça-feira. A cerimônia contará ainda com a presença de vereadores, prefeito Tuta (PDT) e o vice Bim de Oemis (PTN), além da comissão que foi formada para comandar a reforma do imóvel que teve início em junho de 2016 e finalizada em setembro do mesmo ano.

O prédio passou por uma ampla reforma, trabalho empenhado pelo vereador Edmundo Gomes Filho "Mundim" (PSB), - na época presidente da câmara - após inúmeras reclamações da população que estava descontentes com a ausência dos serviços da Polícia Civil na cidade, tendo que se deslocar até Formosa, a 64 quilômetros para registrar boletins de ocorrências e outros serviços.

Reforma do imóvel e reclamação da população.
(Foto: Arquivo/Interativa87)

Em fevereiro de 2016 o vereador Mundim convocou uma audiência pública para discutir a segurança do município diante do grande número de roubos e furtos. Na ocasião participaram do evento o comandante regional do 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Major Moura que responde por Cabeceiras, Formosa, Flores e Vila Boa, comandante da Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRV), Tenente Jornanes, comerciantes e moradores. Moura orientou que fosse importante a reativação dos serviços da Polícia Civil na cidade com mais frequência, onde a população poderia registrar boletins de ocorrências, fazer denúncias, assim como é feito na PM e posteriormente as investigações e as operações seriam mais ágeis, uma vez que, já teria agentes da Polícia Civil na cidade para levar com mais rapidez ao juiz responsável pela região.

REFORMA DA SUBDELEGACIA DA POLÍCIA CIVIL

Após essa audiência pública, o presidente da câmara, Mundim realizou em abril outra audiência com a presença do Delegado Titular da 11º Delegacia Regional da Polícia Civil de Goiás (DRP) lotado em Formosa, Joaquim Adorno. Nessa audiência pública que também contou com a participação de moradores e comerciantes, além de produtores rurais, o delegado pediu apoio da câmara, do governo municipal para reformar a subdelegacia, pois o estado não podia investir dinheiro no prédio pertence ao município e não ao estado.

Para que fosse transferido para o poder estadual, a prefeitura teria que fazer um projeto de doação e a câmara aprovar em três turnos, o que levaria mais tempo e nenhuma garantia do estado de que seria reformado e colocado em funcionamento. Diante dessa situação e a pressa em ter um serviço frequente da Polícia Civil na cidade, Edmundo Gomes optou por imediato resolver com recursos do próprio município e apoio do comércio, empresários, produtores rurais, Sindicato Rural e da população, criando um mutirão e uma comissão responsável pela administração de todo material doado e mão de obra. A mão de obra com pedreiros e outros serviços ficaram a cargo do governo municipal, na época o prefeito era o Nadir de Paiva (PP). Sucatas de veículos que estavam no quintal do imóvel foram leiloados e o dinheiro investido na reforma.
(Foto: Bruno Soares/Interativa87)

Foram 80 dias de trabalho e foram investidos cerca de R$ 20 mil. A reforma foi ampla com troca de janelas, portas, telhado e paredes, tudo conforme exigido pelo delegado Joaquim Adorno que, prometeu após concluída a reforma disponibilizar um agente da Polícia Civil, uma viatura e a presença de um delegado uma vez por semana, podendo ser ampliada para duas vezes para agilizar os boletins de pequenas causas registradas, e até mesmo as ações em flagrante.

Um sistema informatizado do serviço interno da polícia já foi instalado nas máquinas para o registro de ocorrências e consulta criminal. O agente local poderá dar inícios às pequenas investigações e dar suporte a Polícia Militar. Conforme Joaquim, será um trabalho de parceria entre as Polícias Civil e Militar.

O município ficará responsável por disponibilizar dois servidores que trabalharão no atendimento da população na delegacia.
Clique e Compartilhe :

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso