CABECEIRAS: Praça com quiosque e campo sintético próximo de ser inaugurado sofre atos de vandalismo - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
 
Home » , » CABECEIRAS: Praça com quiosque e campo sintético próximo de ser inaugurado sofre atos de vandalismo

CABECEIRAS: Praça com quiosque e campo sintético próximo de ser inaugurado sofre atos de vandalismo

Publicado por Bruno Soares na quarta-feira, 10 de maio de 2017 | 16:59

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Praticantes de caminhadas e demais exercícios físicos se depararam, nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (10) com ações provocadas por possíveis atos de vandalismo na praça onde funcionará o campo sintético e um quiosque no bairro Nova República. Os postes de iluminação foram arrancados, o que acabou gerando revolta de que já usufrui do local para passeio durante a noite.

(Foto: Reprodução/WhatsApp)
As imagens correram grupos de WhatsApp e foram inúmeras queixas e cobranças para administração. Através do aplicativo de mensagens instantâneas, uma praticante de caminhadas no local, em tom de desapontamento com a situação fez algumas indagações. "Cheguei hoje cedo para fazer caminhada aqui na pracinha do centro cultural e encontrei duas luminárias quebradas, jogadas no chão. Não tem guarda não? Como é que a gente vai fazer exercícios hoje no escuro? O povo já começou a destruir o que estava arrumado" relatou

O professor de educação física, Cleiton Francisco (Pulguinha) lamentou a ação. "Lamentável uma coisa dessa, olha eu realmente fico triste quando me deparo com isso pois sabemos a importância dessa iluminação ainda mais que agente está trabalhando com a galera da ginástica três vezes por semana neste local" disse no grupo INFO. INTERATIVA no WhatsApp

Outras pessoas também comentaram deixando suas opiniões e o descontentamento com a atitude criminosa. "Desculpe entrometer no assunto. Mas nesse caso específico se a obra não foi entregue ainda ao município o custo do prejuízo da quebradeira aí ficará para a empresa. É lamentável saber que em pleno seculo 21 ainda a pessoas que tem coragem de destruir um local de lazer da comunidade" disse um empresário.
Publicidade

Cobrança de guardas no local e quem pagará pelo prejuízo também foi citado pelos integrantes do grupo que conta com a capacidade máxima de 256 pessoas disponível pelo mensageiro.

"Cadê o guarda que nunca vi aqui?" perguntou uma integrante.

"Gente isso não é questão de ter guarda não é falta de ética mesmo, uma pessoa que faz uma coisa dessas é revoltada com ela mesmo, que uma praça dessa é para comunidade, é o seu lazer que ele mesmo tá destruindo", disse outro

A reportagem falou com o prefeito Tuta (PDT) que também lamentou o ocorrido e ressaltou que a obra ainda não foi entregue para administração, que assim, não poderia colocar guarda para zelar do patrimônio, sendo esse o trabalho da empresa responsável pela obra. "A gente lamenta essa situação, a obra está praticamente pronta, faltando apenas a grama sintética que a empresa já nos disse que está vindo de São Paulo, ocorreu um atraso, más que logo já estará na cidade e será colocada e entregue a nós para que possamos inaugurar. A questão de um guarda, entendemos a cobrança da população, mas a obra ainda não foi entregue para prefeitura e está na responsabilidade da empresa. Acreditamos que muito em breve vamos inaugurar e que atitudes assim não venha a se repetir em um local que é para lazer da população e até mesmo de quem praticou esse ato", explicou Tuta

A empresa WR Construtora, responsável pela obra informou que, "sempre há pessoas da empresa que estão presando pela segurança da obra, mas que provavelmente essa ação ocorreu no momento em que não havia ninguém".

Ainda de acordo com a construtora, "os danos causados serão corrigidos pela empresa, sem custo à prefeitura ou governo federal" que destinou os recursos para construção daquele local de lazer. Por fim, a WR Construtora ressaltou que nos próximos dias entregará a obra para prefeitura, e que aguarda a grama sintética do campo - que foi construído e faz parte do projeto - chegar de São Paulo. "Fomos informados pelo motorista do caminhão que está trazendo a grama que já está na estrada e deve chegar no final da tarde de hoje (quarta-feira), mas acreditamos que chegará aqui só amanhã".

A previsão é de que a prefeitura receba da empresa para inauguração na próxima semana. Conforme a WR. Construtora, a montagem da grama "levará cerca de dois dias".

Na tarde desta quarta, a construtora já havia concertado os danos.
(Foto: Bruno Soares/Interativa87)
A construção da praça com quiosque teve início em outubro de 2015, na época o prefeito era o Nadir José de Paiva (PP). Os recursos, no valor total de R$ 536.616,09 são do Governo Federal através do Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal com a contrapartida da prefeitura.

(Foto: Kassio Breno/Interativa87)

Clique e Compartilhe :

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso