CABECEIRAS: Prefeitura realizará 1º Conferência Regional sobre Resíduos Sólidos e Águas Pluviais. - Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO
Sejam bem vindos!!
 
Home » , » CABECEIRAS: Prefeitura realizará 1º Conferência Regional sobre Resíduos Sólidos e Águas Pluviais.

CABECEIRAS: Prefeitura realizará 1º Conferência Regional sobre Resíduos Sólidos e Águas Pluviais.

Publicado por Bruno Soares na terça-feira, 11 de agosto de 2015 | 10:06


No próximo dia 14, sexta – feira, a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e a prefeitura municipal, realizarão a I Conferência Regional de Manejo e Resíduos Sólidos e de Águas Pluviais. A conferência será pela manhã, com início às 08h00 e término previsto para as 11h30. A etapa local será realizada no galpão do parque de exposições, localizado na Avenida Tancredo Neves, centro. 

Esse será mais um encontro para discutir o fim do lixão a céu aberto que afeta a maioria dos municípios brasileiros. Só para se ter uma idéia, o estado de Goiás conta com 246 municípios, desses, apenas 29 contam com aterros sanitários, cumprindo a Lei dos Resíduos Sólidos que determina a extinção de lixões a céu aberto sancionada no dia 2 de setembro de 2010. O prazo para que os municípios cumprissem a lei foi de quatro anos, ou seja, terminou em 2014.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, em todo o Brasil, 60% dos municípios ainda não conseguiram fazer as mudanças necessárias.

Por isso, uma emenda aprovada pelo Senado estabeleceu um prazo que varia entre 2018 e 2021 como data limite para que todas as cidades se adequem à lei.

A corrida é contra o tempo, e Cabeceiras faz parte da CORSAP – DF/GO, Consórcio Público de Manejo dos Resíduos Sólidos e das Águas Pluviais da Região Integrada do Distrito Federal e Goiás que trabalha com esse objetivo de extinguir o lixão.

O objetivo da conferência é levar dar continuidade ao projeto e informar o andamento. Serão discutidos vários temos relacionados aos resíduos sólidos e saneamento. O evento é aberto para população que poderá discutir e debater os assuntos. A prefeitura e a secretaria de meio ambiente divulgaram a programação detalhada. Veja abaixo;

Programação:
08h00 – Credenciamento e Escolha do Eixo-Temático.
08h30 – Abertura Solene.
09h00 – Instalação da Mesa Diretora dos Trabalhos e a Apresentação do Pré-Diagnóstico do Saneamento Básico da RIDE/DF – UNB e Mcidades.
10h00 – Divisão dos Grupos de Trabalhos Temáticos.
10h40 – Plenária I – Priorização das Propostas Finais.
11h00 – Plenária II – Leitura das Propostas Priorizadas
11h15 – Eleição de Delegados para I Conferência Regional
Encerramento

Eixos Temáticos:
Tema 1 – Limpeza Urbana e Coleta
Tema 2 – Manejo de Resíduos Sólidos
Tema 3 – Resíduos Especiais (Agrotóxicos, Hospitalares, Industriais e etc.)
Tema 4 – Microdrenagem e Macrodrenagem e Manejo de Águas Pluviais
Tema 5 – Visão Integrada de Saneamento Básico; Articulação entre Resíduos Sólidos, Drenagem, Abastecimento de Água e Tratamento de Esgoto


Lixão em Cabeceiras (Foto: Bruno Soares)
Essa é a oportunidade que a população tem em reivindicar e opinar sobre um dos grandes problemas que vem sofrendo a anos com o lixão, em especial aos moradores do bairro Enis Machado, que fica a cerca de 500 metros de onde é depositado todo o lixo doméstico da cidade, causando mal cheiro, invasão de moscas e fumaça provocada pela queima do lixo que tem ocorrido com freqüência.

Segundo a administração municipal, o fogo não é colocado por funcionários, a origem é natural, provocada pelo calor e grande volume de lixo que produz gás e acaba pegando fogo.

Ainda de acordo com a administração, para evitar que se repita, será contratado um serviço de trator para fazer o aterramento do lixo.

CORSAP se reúne com prefeito e vereadores.
Diego Bergamaschi (Foto: Fausto Sandoval)
Em novembro de 2014 o prefeito municipal na época, Antônio Cardoso (PSL) e os vereadores receberam o coordenador do Consórcio Público de Manejo dos Resíduos Sólidos e das Águas Pluviais da Região Integrada do Distrito Federal e Goiás (CORSAP), Diego Bergamaschi disse estar confiante na parceria com a prefeitura para extinção do lixão no município. 

"A prefeitura tem mostrado muita disposição, nós vamos oferecer toda equipe técnica necessária para que a gente possa resolver. Não vai ser fácil, não dá para dizer que vai se resolver do dia para noite ou mês que vem. Mas dá para dizer que a gente está tentando no maior processo possível resolver a situação do município", explicou Bergamaschi.

A partir daí, o assunto ficou nos bastidores, e agora, o tema volta a ser discutido no município onde uma nova etapa pretende ser decisiva para o fortalecimento e execução do projeto, que depende também, principalmente do Governo do Distrito Federal (GDF).
Clique e Compartilhe :

0 comentários :

Deixe o seu comentário.

Os comentários são de responsabilidade dos autores.

PUBLICIDADE

Curta a nossa página no Facebook
 
Suporte : E-mail | Luciano Max®
Plataforma Blogger
Copyright © 2011. Rádio Interativa FM - Cabeceiras - GO - All Rights Reserved
Todos os Direitos reservados a Interativa FM 87,9 Trabalho e Sucesso